NOTÍCIAS IBEMA

Ibema Ritagli – o primeiro papelcartão triplex que faz bonito no mercado e na natureza

Publicado em 11/04/2019
Smartcom

Projeto inédito alia brancura e rigidez competitivas com material reciclado e de pós-consumo

Profundamente comprometida com a sustentabilidade, a Ibema, terceira maior produtora nacional de papelcartão e um dos principais players do setor na América Latina lança um produto que vai ajudar as marcas de bens de consumo a cumprirem as metas de sustentabilidade exigidas pelo Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

O Ibema Ritagli é um papelcartão branco com rigidez competitiva, especial para embalagens premium, que utiliza 50% de material reciclado em sua composição, sendo que 30% dessas fibras são provenientes de material pós-consumo. Para o brand owner (donos de marcas que estão no varejo), é a chance de elevar o cumprimento das metas exigidas pela PNRS, com um produto de alta performance.

“O Ibema Ritagli pode ser usado como ferramenta de marketing pelos nossos parceiros gráficos em suas ofertas de projetos de embalagem e também pelos clientes deles, que são os donos das marcas ”, sugere a gerente de Marketing da companhia, Juliana Menegasse Gomes. “O nosso produto permite que essas marcas mostrem aos consumidores o comprometimento deles com a PNRS e com a sustentabilidade utilizando o produto como matéria-prima de linhas especiais, por exemplo.”

Pela PNRS, publicada em 2010, as embalagens devem ser fabricadas com “materiais que propiciem a reutilização ou a reciclagem”, e cabe a quem utiliza embalagem em seus produtos a responsabilidade de usar materiais reutilizados ou reciclados.

“O Ibema Ritagli é um produto que envolve a recuperação e coleta das embalagens para trazê-las de volta para a fábrica e processá-las de maneira segura para ter um produto competitivo de volta”, explica o diretor técnico e de P&D da Ibema, Fernando Sandri. “Nosso objetivo é ampliar esse ciclo virtuoso, para que, cada vez mais, a coleta e a reciclagem sejam incentivadas. É um grande projeto em que acreditamos muito.”

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES
ARQUIVO DE NOTÍCIAS
VOLTAR